DIA MUNDIAL DE COMBATER A LGBTFOBIA, JUNTOS!

Foto via Freepik

Nem todos sabem, mas dia 17 de maio é o Dia Mundial do Combate a LGBTfobia. É uma data para celebrar nossas diferenças e trazermos para a discussão o preconceito contra esta minoria, contra a nossa minoria. Hoje é um dia marcado históricamente para promover a luta pela causa LGBT e levantar debates e discussões sobre preconceito e crimes de ódio contra os nossos.

A data é referência simbólica da luta pelos direitos de nossa comunidade, uma vez que coincide com o dia em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) deixou de considerar a homossexualidade como doença. “A gente comemora o ganho do reconhecimento, mas isso ainda tem que ser apropriado por todos os aparelhos da sociedade para entenderem que a transexualidade, a travestilidade e a homossexualidade não são doenças, mas parte do comportamento humano; é preciso compreender que não é uma opção”, diz Tathiane Aquino de Araújo, presidenta da Rede Nacional de Pessoas Trans (Rede Trans Brasil).

Hoje, em todo o país, acontecem diversas lives (por motivos de isolamento social) promovidas em redes sociais LGBTs e institucionais, com a finalidade promover o orgulho LGBTQIA+ e difundir nossa luta contra preconceito e crimes de ódio contra os nossos. Eventos musicais oline e também debates são promovidos para legitimizar a causa e fazer da data um marco nas redes sociais.

No Ceará, a data é o marco para Semana Janaína Dutra de Promoção do Respeito à Diversidade Sexual e de Gênero, instituída pela lei 16481/17. O estabelecimento desta semana visa divulgar a legislação de combate à Homofobia, Transfobia, Bifobia e Lesbofobia – LGBTfobia, promover o respeito à diversidade sexual e de Gênero, estimular reflexões sobre estratégias de prevenção e combate à LGBTfobia e sobre os tipos de violência contra a população LGBT, como a moral, psicológica e física. É visado também conscientizar a comunidade acerca da importância do respeito aos direitos humanos e sobre os direitos da população LGBT e divulgar os canais institucionais e de denúncias por telefone e apresentar os equipamentos de denúncias e acolhimento no âmbito do Estado do Ceará.

É inegável que esta data é de extrema necessidade e será para sempre. Mas o problema é que não temos nada a “celebrar”, como alguns eventos sugerem. Pois, mesmo com uma porção de direitos adquiridos, o Brasil segue como o país que mais mata LGBTs no mundo. Sim, nem em países onde ser LGBT é crime os índices de morte são tão altos quanto os nossos. Sendo assim, a data é de extrema importância para nossa visibilidade e para que mais gente se volte para a causa, fortalecendo nossos elos contra a barbaridade que é a LGBTfobia. E tu, já divulgaste a causa LGBTQIA+ hoje?

29/01 – DIA NACIONAL DA VISIBILIDADE TRANS

Bandeira Trans e suas lindas cores

Visando atender a “população T” de nossa sigla LGBTQIA+, em 2004, após a realização da campanha “Travesti e Respeito” foi oficialmente estabelecido pelo Ministério da Saúde que o dia 29 de Janeiro marca o Dia Nacional da Visibilidade Trans. Desde então órgãos públicos relacionados realizam eventos em todo o Brasil levantando a bandeira Trans como foco.

Como não poderia deixar o dia voltado a essa parte muito importante de nossa comunidade em branco, decidi fazer um post sobre, mas desta vez um pouco diferente. Então, apenas pontuarei e apontarei alguns dados e fatos relevantes sobre a população Trans. Eis aqui alguns deles:

  • A bandeira Trans, diferentemente da nossa coloridíssima LGBT, possui três cores: rosa, azul e branco. O azul significa o masculino, o rosa representa feminino e o branco nos apresenta a transição entre os gêneros.
  • A população Trans é ainda a parte da comunidade LGBTQI+ que mais sofre LGBTfobia, parte disso reflete diretamente em seus altos índices de prostituição, por não ter brecha para entrada no mercado de trabalho, o que faz com que grande parcela desse grupo de nossa comunidade fique á margem da sociedade por total exclusão e falta de devida assistência.
  • Curiosamente o Brasil é o país com maior índice de procura por pornografia envolvendo trans e travestis, ao mesmo tempo em que é o mais transfóbico do globo, tendo três vezes mais de casos de transfobia que o segundo colocado, o México.
  • Entre 2016 e 2018, segundo uma pesquisa apontada pelo documentário Quebrando o Tabu no Canal GNT os casos de transfobia geraram mais OITOCENTAS mortes, isso sendo apenas os casos de que se tem notícia, pois os números podem assustadoramente maiores.
  • Infelizmente a estimativa de vida de uma pessoa Trans é de apenas 35 anos de idade, dada tamanha vulnerabilidade a crimes fatais de ódio.

EM PORTO ALEGRE

Em POA tem evento em grande estilo realizado pela  Unidade de Direitos de Diversidade Sexual e de Gênero da Secretaria de Desenvolvimento Social e Esportes (SMDSE) em parceria com o Sindicado dos Registradores do Rio Grande do Sul (Sindiregis) e a Rede Gay Brasil., como noticiado em post meu no (gay.blog.br). Durante o dia ocorrem diversas ações destinadas a comunidade LGBTQIA+ visando a visibilidade Trans, dentre ela emissão de documentos, palestras com convidados e shows.

Acontece também no evento oficial Porto Alegrense o lançamento no estado do aplicativo Tialu, que visa a prevenção da violência contra LGBTQI+. O app já encontra-se disponível para ser baixado na Google Store neste link.

App disponível na Play Store

ONDE E QUANDO

Hoje das 8h às 20h
Avenida Sepúlveda, s/n (em frente ao SINE Municipal de Porto Alegre) – Centro
Porto Alegre, RS

Programação:
8h – 17: Atendimentos do Sine e SindiRegis
11h – Palestra com Marcus Augustus Castropil
14h – Palestra com Glória Crystal
16h às 20h – Shows e lançamento do aplicativo Tialu

NO JOSEPH’S CAFÉ BAR

O espaço Joseph’s Café Bar, aberto apenas há um mês, já é sucesso absoluto com o público LGBTQIA+, público este que é o principal do estabelecimento, e fez com que o café bar se tornasse já o queridinho de muitos da nossa comunidade. O local nasce do sonho conjunto de três amigos de longa data, os lindos e queridos Israel Alves, João Martins e Priscila Colombo, que visualizaram o estabelecimento por um longo tempo até sua abertura, no final de Dezembro de 2019.

O Joseph’s realiza esta semana uma promoção visando contemplar a população LGBTQIA+ e, também, dar mais visibilidade a causa Trans, causa adotada pelo local desde sua abertura. Então, somente esta semana, clientes concorrem a um sorteio de um calendário anual do coletivo Drag Porto Alegrense PICUMANAS e um vale consumo no valor de R$ 50,00. Quer mais? O estabelecimento estará agraciando, somente HOJE, 29 de Janeiro, os primeiros 100 clientes com um agradinho. Lembrando, o local funciona das 10h às 21h.

Ofertas preparadas pelo Joseph’s especialmente para esta semana.

Fontes: gay.blog.br, documentário Quebrando O Tabu (Canal GNT) e Joseph’s Café Bar.

  • Para acompanhar os lançamentos de novas crônicas, semanais e postagens do universo LGBT, acompanhe o Monologay nas redes sociais:
    facebook.com/monologay
  • CONTATO: braian.hype@gmail.com
  • Me acompanhe também em meu instagram:
    instagram.com/braianavilla